O que é DevSecOps? Entenda a Segurança do DevOps

Atualizado: 3 de out.

Há muitos caminhos para se conseguir um aplicativo seguro, tradicionalmente, antes que o DevSecOps fosse considerado, os desenvolvedores construíam um aplicativo e somente quando estivesse pronto para ser lançado é que os especialistas em segurança eram consultados.



Segurança de aplicativos DevSecOps


Com a mudança para o desenvolvimento ágil em um ciclo de vida de Integração Contínua e Implantação Contínua (CI/CD), um aplicativo pode ter muitas alterações colocadas em produção, aumentando a pressão sobre os especialistas em segurança. Deixar a avaliação de segurança para o final do desenvolvimento pode ser caro, demorado e muito arriscado, pois algumas vulnerabilidades podem ser descobertas tardiamente e disponibilizadas na versão de produção.


O DevSecOps é considerado a melhor estratégia de segurança de aplicativos porque reduz a probabilidade de que a versão final contenha falhas de segurança, entretanto muitos desenvolvedores resistem à mudança. Mesmo que o processo ainda esteja se iniciando, a integração da segurança no ciclo de vida do DevOps CI/CD será fundamental a partir de agora.


VEJA TAMBÉM: Segurança de Rede em Nuvem: 10 principais considerações ao avaliar uma solução


Segurança na nuvem


gif

Diante de um ambiente digital em constante mudança, centrado na nuvem, o DevSecOps desempenha um papel relevante. De fato, muitas empresas que estão na nuvem passaram a adotar essa estratégia, como forma de reduzir o risco de vulnerabilidades de segurança no aplicativo e o risco de violação de dados.


Assim como no DevOps, espera-se que a segurança na nuvem seja iterativa, integrada ao ciclo de vida de CI/CD e ajude a detectar problemas mais cedo para evitar incidentes de segurança. É por isso que o emparelhamento de serviços como AWS, GCP ou Azure com a solução de segurança CloudGuard Dome 9 da Check Point permite que as empresas adotem um gerenciamento de postura de segurança mais agressivo e proteção de tempo de execução do aplicativo. A solução CloudGuard Dome 9 é nativa da nuvem para o ambiente em que está implementada, tornando-a uma solução ideal para integração em qualquer ambiente multinuvem.


Os benefícios do DevSecOps


De acordo com o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologias (NIST) dos EUA, o custo de corrigir um problema de segurança após um aplicativo ser colocado em produção pode ser 30 vezes maior do que se for detectado e tratado nos estágios iniciais do ciclo de vida de desenvolvimento de software. Além dos altos custos diretos, também pode haver custos indiretos significativos relacionados à experiência e satisfação do usuário final, perda de receita e danos à marca.


Além de detectar problemas de segurança mais cedo, as práticas de DevSecOps geram benefícios como:

  • Velocidades de implementação mais rápidas estão correlacionadas com maior lucratividade. Análises da Check Point mostraram que as organizações que possuem DevSecOps efetivamente implementam código com 46 vezes mais frequência e 46% mais rápido.

  • A abordagem ágil de DevSecOps para gerenciamento de mudanças promove maior velocidade e inovação em resposta às necessidades. Fluxos de trabalho de DevSecOps bem implementados melhoram os prazos de entrega e aumentam a produtividade das equipes.

  • Menor estresse das equipes de segurança. Um artigo da Forbes mostra que a escassez de profissionais experientes em segurança cibernética só vai aumentar. Liberar seus profissionais de segurança das tarefas rotineiras de segurança ajuda a fechar possíveis lacunas de cibersegurança, com o benefício adicional de permitir que sua equipe se concentre em questões de segurança mais estratégicas que podem melhorar os resultados dos negócios.

  • Melhora o gerenciamento da postura de segurança e reduz os custos de conformidade e governança. As organizações maduras em DevOps/DevSecOps têm duas vezes mais probabilidade de incorporar governança e compliance automatizado em seu processo de desenvolvimento. O gerenciamento automatizado e contínuo da postura de segurança, incluindo monitoramento e correção, garante que sua empresa esteja pronta para uma auditoria a qualquer momento.

  • Práticas de monitoramento e correção reduzem o tempo médio para resolver incidentes de segurança (MTTR). Embora prevenir um incidente seja o objetivo principal do DevSecOps, identificar e mitigar rapidamente uma violação é um benefício importante de controles de segurança avançados em todos os ambientes, incluindo local, nuvem ou ambientes de produção híbridos. Na análise da Check Point do ataque Sunburst, é possível ver como as práticas recomendadas de segurança bem implementadas, incluindo mitigação de rede e análise automatizada de eventos, contribuem para uma identificação e correção significativamente mais rápidas da violação.

  • O DevSecOps posiciona sua empresa para aproveitar ao máximo as infraestruturas e tecnologias nativas da nuvem que são essenciais para manter uma vantagem competitiva no mundo digital de hoje.


VEJA TAMBÉM: Cloud Security Posture Management (CSPM): Faça a coisa certa


Automação DevSecOps


O que separa o DevSecOps da abordagem anterior do DevOps é sua ênfase na introdução da segurança no início do processo de desenvolvimento. O objetivo da automação também é permitir o ciclo de vida do CI/CD, oferecendo uma solução completa e segura aos usuários finais rapidamente.


Além de alimentar o ciclo de vida de CI/CD, a infraestrutura de segurança em nuvem CloudGuard leva a ênfase do DevSecOps na iteração e a complementa com inteligência compartilhada de um banco de dados de ameaças conhecidas, de modo que cada ciclo seja informado por dados coletados em vários aplicativos e ambientes. O CloudGuard oferece visibilidade abrangente e inteligência de ameaças que permitem que as equipes de segurança busquem, detectem, investiguem e corrijam ameaças e anomalias.


Uma abordagem colaborativa


gif

De acordo com o diretor de tecnologia da Administração de Serviços Gerais dos EUA, o DevSecOps incentiva uma abordagem colaborativa entre desenvolvedores, profissionais de segurança e a equipe de operações.. A abordagem também incentiva a colaboração entre software e pessoas.


Implementar a segurança no nível de codificação é fundamental, mas sem mudança cultural esses esforços podem ser em vão. Dentro dessa estrutura, o DevSecOps é a base (46% dos entrevistados em uma pesquisa da KPMG/Oracle afirmaram que um dos principais motivos para escolher uma abordagem DevSecOps foi o suporte à implementação contínua de segurança. Na mesma pesquisa, 40% dos entrevistados também observaram que o DevSecOps promove um alto nível de colaboração entre diferentes equipes.


O Check Point CloudGuard é uma plataforma de segurança nativa da nuvem que oferece uma variedade de soluções de segurança avançadas para oferecer suporte às melhores práticas de DevSecOps em uma organização, desde segurança de rede na nuvem, gerenciamento de postura de segurança, proteção de aplicativos Web e API.


Se você está pronto para apoiar a mudança de sua equipe para uma estratégia abrangente de DevSecOps, você precisa da International IT e da Check Point ao seu lado.


Entre em contato conosco através do formulário abaixo para discutir as necessidades da sua empresa e dar mais um passo, colocando a segurança na vanguarda de suas operações.

 

Conte com a International IT para proteger sua empresa de ataques cibernéticos com o que há de melhor no mercado de Next Generation Firewall.

Conheça nossas soluções avançadas, robustas e seguras de NOC & SOC, Zero Trust, Next-Gen Firewalls, LGPD, Hardware, Monitoramento de Rede, Transferência de Arquivos Gerenciada, Consultoria de TIC, Treinamentos, Sustentação de Aplicações, Outsourcing, Licenciamento Geral e Help Desk.

300 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Newsletter

Confira notícias, informações e tendências do setor de tecnologia da informação. 

Nos acompanhe nas redes sociais!

1200X628 - SAND.png
1200X628 -NOC.png

Ver todos os materiais gratuitos