top of page
  • Foto do escritorInternational IT

Phishing: Quais as 10 marcas mais imitadas?

Atualizado: 7 de dez. de 2023

A Check Point Research publicou o seu relatório de phishing referente ao segundo trimestre de 2021, destacando as marcas mais utilizadas nas tentativas de induzir as pessoas a fornecer dados pessoais e de pagamentos.



Em um trimestre marcado pelo alerta da Microsoft sobre uma campanha de phishing decorrente do caso SolarWinds, a gigante da tecnologia continua sendo a marca mais usada pelos cibercriminosos, como já havia ocorrido no primeiro trimestre de 2021.


A transportadora DHL se manteve na segunda posição como marca mais imitada, com os hackers tentando se aproveitar da crescente dependência das compras online.


Em um ataque de phishing, os criminosos cibernéticos tentam imitar o site oficial de uma marca conhecida usando uma URL e design de página semelhantes ao original. O link para o site falso pode ser enviado as vítimas ​​por e-mail ou mensagem de texto, além disso é possível redirecionar um usuário para um link malicioso durante a navegação na internet ou utilizar um aplicativo falso para celular. O site simulado geralmente contém um formulário destinado a roubar as credenciais dos usuários, detalhes de pagamento ou outras informações pessoais.


As 10 marcas mais imitadas em ataques de phishing


  1. Microsoft (45%)

  2. DHL (26%)

  3. Amazon (11%)

  4. Bestbuy (4%)

  5. Google (3%)

  6. LinkedIn (3%)

  7. Dropbox (1%)

  8. Chase (1%)

  9. Apple (1%)

  10. Paypal (0,5%)


Fonte: Check Point

 




Comments


Nos acompanhe nas redes sociais!

1200X628 - SAND.png
1200X628 -NOC.png

Ver todos os materiais gratuitos

bottom of page