• InternationalIT

O custo do monitoramento - com a ferramenta errada

Atualizado: Set 10

Saiba como usar a ferramenta errada para o seu trabalho pode custar tanto tempo e dinheiro a sua empresa!


Quanto mais tempo passar com a solução errada, maior é o desperdício de tempo e investimento.

A necessidade de monitoramento existe desde que o primeiro servidor entrou online e alguém queria saber se ele "ainda estava funcionando". E ferramentas sofisticadas para realizar monitoramento existem há mais de duas décadas, muitas vezes sendo implementadas “pela primeira vez” na maioria das empresas. Parte disso tem a ver com inexperiência. Por exemplo, ou a equipe de monitoramento é jovem e não realizou o monitoramento em outras empresas, ou a própria empresa é nova e acabou de crescer até o ponto em que precisa dela. Ou houve rotatividade suficiente, de modo que as pessoas no trabalho agora estão tão distantes daquelas que implementaram o sistema anterior, que para todos os efeitos a solução ou situação em questão é efetivamente "nova".


Nesses casos, as organizações acabam comprando a ferramenta errada porque simplesmente não têm experiência para saber qual é a certa. Porque o monitoramento em todas as organizações, exceto nas menores, é um assunto heterogêneo. Não existe uma solução única e nenhuma solução é única para todos.


Mas isso é apenas parte. Em muitos casos, o custo do monitoramento incha além de qualquer motivo devido. A barreira para o uso de ferramentas melhores é a relutância em abandonar todo o dinheiro investido na compra, implantação, desenvolvimento e manutenção da primeira.


Como as empresas investem muito tempo e dinheiro na ferramenta, é claro que esperam "fazer o dinheiro valer a pena". Então, eles tentaram implementá-lo em todos os lugares, mesmo em situações em que não é o ideal.


Convencer a equipe que não é de TI da necessidade de ferramentas de monitoramento após uma falha crítica do sistema é provavelmente um pouco mais fácil, já que as interrupções tendem a permanecer frescas na mente das pessoas por muito tempo. Mas como os profissionais de TI podem defender o monitoramento sem primeiro experimentar uma falha real dos recursos de TI? Ou, se uma organização teve uma falha em um sistema específico, como os profissionais de TI podem argumentar para a compra de ferramentas de monitoramento para proteger outros sistemas de missão crítica?


Na verdade, trata-se de identificar os custos potenciais de uma falha. Cada equipe administrativa se sente diferente; o que a liderança em uma organização considera catastrófico, outras podem simplesmente considerar o custo de fazer negócios. Portanto, os profissionais de TI precisam destacar os custos que são eminentemente evitáveis.


Algumas coisas a considerar são:

  • O resultado final de um problema se ele não for detectado;

  • A quantidade de tempo que uma falha específica pode não ser relatada;

  • A quantidade de tempo que levaria para consertar o sistema como resultado de uma falha;

  • Custo de equipe por hora regular para o sistema em questão;

  • Custo de pessoal de emergência e horas extras para o sistema em questão;

  • Custos de manutenção planejada do fornecedor versus custos de reparo de emergência do fornecedor;

  • Vendas perdidas ou outra receita por hora se o sistema em questão não estiver disponível.

Para colocar um ponto final nas dores de cabeça e se livrar da bola de ferro presa ao seu pé, entre em contato conosco através do e-mail vendas@internationalit.com ou telefone (11) 3938-4653 que nós da International IT estaremos prontos para te ajudar a resolver o seu problema e mostrar o real valor que uma solução de monitoramento pode trazer ao seu dia-a-dia.

7 visualizações

Política de Privacidade | Copyright © 2020 Todos os direitos reservados