• InternationalIT

Erros que podem custa caro a TI da sua empresa

Imagine o exemplo simples de uma falha de disco rígido em um servidor de e-mail primário.


Para começar, nenhum profissional de TI que se preze seria pego sem alguma forma de tolerância a falhas para um sistema crítico como o e-mail. Então, neste exemplo, digamos que uma unidade espelhada estava instalada, mas falhou alguns dias antes da falha da segunda unidade. Como não havia solução de monitoramento, ninguém percebeu, efetivamente tornando-o um único sistema de acionamento.



O resultado final é que o sistema travaria. Você pensaria que uma falha no sistema de e-mail seria imediatamente perceptível, mas clientes de e-mail como o Outlook fazem um ótimo trabalho de cache offline, então pode demorar um pouco antes que alguém perceba. Neste exemplo, digamos que leve 30 minutos.


A recuperação de uma falha no disco rígido leva tempo, a menos que haja peças sobressalentes imediatamente à mão e algum tipo de opção de recuperação instantânea. Vamos estimar que a substituição da própria unidade demore cerca de uma hora, e a restauração do backup leve mais uma hora. No entanto, este é um reparo do fornecedor. Isso é um prazo de entrega de quatro horas ou uma hora para o serviço de emergência.


Agora vamos ver os custos. Digamos que o tempo normal da equipe seja de R$ 53 por hora, enquanto as horas extras são de R$ 75 por hora. O reparo padrão do fornecedor é gratuito, mas lembre-se do prazo de entrega de quatro horas. O reparo de emergência do fornecedor custa R$ 150 por hora com um mínimo de duas horas.


VEJA TAMBÉM: Monitorando aplicações e Experiência de usuários


Isso significa que o e-mail ficará offline por três horas e meia a seis horas e meia, com um custo entre R$ 106 e R$ 450. Isso pode não parecer grande coisa. No entanto, esse é o custo de apenas uma falha de unidade. Considere uma empresa que enfrenta 350 falhas de unidade por ano (algo que testemunhei pessoalmente). Agora estamos falando entre R$ 37.000 e R$ 157.000 por ano - sem contar a receita da empresa perdida enquanto o e-mail está baixo e a produtividade despenca como resultado.


Agora, é claro, as unidades falham, sejam elas monitoradas ou não. No entanto, no exemplo acima, detectar a falha da primeira unidade, substituí-la em um momento conveniente e evitar a interrupção e o tempo gasto na recuperação de dados pode economizar entre R$ 18.500 e quase R$ 140.000 ao longo de um ano.


É importante passar por um exercício semelhante para todos os sistemas de missão crítica no ambiente de TI - incluindo e-mail, CRM e serviços da Web - combinado com diferentes tipos de interrupções, como falha de disco, travamento de aplicativo e falha de rede.


SAIBA AGORA: Resolvendo problemas no gerenciamento de redes complexas


Para evitar ficar sobrecarregado, priorize. Dê uma boa olhada no ambiente de TI e avalie honestamente quais sistemas são sólidos e quais são um pouco mais instáveis. Além disso, aproveite outros membros da equipe, quando necessário, perguntando quanto tempo leva para identificar quando seus sistemas estão offline e quanto tempo leva para trazê-los de volta.


Este processo pode parecer tedioso, mas muitas vezes é o que é necessário para ajudar os executivos que não são de TI e outros tomadores de decisão a entender que o monitoramento adequado é crucial e que o custo de não monitorar pode exceder em muito o de fazê-lo. Simplificando: falem a língua deles, que é a linguagem do dinheiro.


E para ajudar com isso, conte sempre com a International IT. Trabalhamos sempre com as melhores soluções de mercado para atender a sua equipe de TI.


Entre em contato conosco através do e-mail contato@internationalit.com ou pelo número (11) 3938-4653 que estaremos disponíveis para ajudar a melhorar o seu dia-a-dia.

6 visualizações

Política de Privacidade | Copyright © 2020 Todos os direitos reservados