Dados de agências governamentais do Japão vazaram em hack da plataforma ProjectWEB da Fujitsu

Atualizado: 1 de Jul de 2021

Hackers roubaram arquivos do governo japonês, invadindo um SaaS (software como serviço) da Fujitsu e obtendo acesso aos seus sistemas.

VEJA TAMBÉM: NSA defende adoção de um modelo de segurança Zero Trust


ProjectWEB é uma plataforma de colaboração empresarial e compartilhamento de arquivos baseada em nuvem que a Fujitsu opera desde meados dos anos 2000 e que várias agências do governo do Japão usam atualmente.


A gigante de tecnologia desativou temporariamente o SaaS após saber do ataque, que afetou o Ministério de Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo; o Ministério das Relações Exteriores; o Secretariado do Gabinete; e o aeroporto de Narita.


O Cabinet Cyber Security Center (NISC) da Fujitsu, que está investigando o incidente, divulgou um comunicado (em japonês) com orientação a todas as agências governamentais para tomar medidas preventivas.

Continuaremos a trabalhar na investigação e análise do escopo do impacto e as causas de todos os projetos que usam [ProjectWEB] com a cooperação de nossos clientes.